Nacionalismo e autoridades tradicionais em Angola

A República de angola está situada na costa ocidental de África, a sul do Equador, limitada a norte pela República Democrática do Congo (ex-Zaire), a leste por esta e pela Zâmbia, a sul pela Namíbia e a oeste pelo Oceano Atlântico. Ainda engloba o enclave de Cabinda, a norte do rio Zaire, entre territórios da República do Congo e da República Democrática do Congo (ex-Zaire) e o Oceano Atlântico.

Estende-se o território entre as latitudes de 4 graus 21’26" e os meridianos de 11 graus 38’40" e 24 graus 03’20" E de Gr., com uma superfície de 1 246 700 km2. A sua capital é Luanda. Este trabalho põe em relevo a evolução da autoridade tradicional os Sobas, durante o período colonial, sobretudo a partir da Conferência de Berlim e o papel/acção da autoridade tradicional nas mudanças sociais e políticas que ocorreram durante a guerra colonial e no pós-independência. Este trabalho põe em relevo a evolução da autoridade tradicional, os Sobas, durante o período colonial, sobretudo a partir da Conferência de Berlim e o papel/acção da autoridade tradicional nas mudanças sociais e políticas que ocorreram durante a guerra colonial e no pós-independência.(...)

 

Assunto: Autoridade tradicional – Angola, Colonialismo – Angola, Movimento independente – Angola, Nacionalismo – Angola, História de Angola, Angola

 

Additional Info

  • Orientador: José Carlos Venâncio
  • Autor: Maria Madalena de Assunção Gonçalves e Silva
  • Ano: 2002
  • Coorientador: n/d

R&D Supported by

R&D Unit integrated in the project number UID/HIS/0495/2016.

 

Contacts

Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto
Via panorâmica, s/n
4150-564 Porto
Portugal

+351 22 607 71 41
ceaup@letras.up.pt