Africana Studia nº 1

 

Índice:

  • António Custódio Gonçalves - Dinâmicas de desenvolvimento e desafios actuais (p. 9-26)
  • Carlos José Gomes Pimenta - Em busca da racionalidade perdida (p. 27-47)
  • Adelino Augusto Torres Guimarães - África: vencer fatalismos no séc. XXI (p. 49-66)
  • Patrick Chabal - Nós e a África: a questão do olhar (p. 67-84)
  • Peter Meyns - Present structures and future challenges of regional cooperation and integration in Southern Africa (p. 85-107)
  • Ivo Carneiro de Sousa - Etnicidade e nacionalismo: uma proposta de quadro teórico (p. 109-122)
  • Victor Kajibanga - A sociologia da cultura africana na obra de Pinto de Andrade (p. 123-141)
  • José Capela - Conflitos sociais na Zambézia, 1878-1892: a transição do senhorio para a plantação (p. 143-173)
  • Mário Vilela - A Língua Portuguesa em África: tendências e factos (p. 175-191)
  • José Carlos Venâncio - Globalização, democratização e facto literário em Angola (p. 193-204)
  • Margarida Calafate Ribeiro - A melancolia dos percursos: África na Literatura Portuguesa (p. 205-231)
  • António Custódio Gonçalves - A investigação e a formação pós-graduada em estudos africanos em Portugal: o caso da Universidade do Porto (p. 235-249)
  • Carlos José Gomes Pimenta - Contributos para a reitalização da Universidade em Angola (p. 251-262)
  • José Carlos Venâncio - "Horizontes do desenvolvimento africano" de Adelino Torres (p. 263-264)
  • Ivo Carneiro de Sousa; José Carlos Venâncio - "O desafio africano" de José Carlos Venâncio (p. 265-268)
  • António Custódio Gonçalves; Maciel Santos - "The Kongolese Saint Anthony: Dona Beatriz Kimpa Vita and the Antonian Movement 1684-1706", de John Thornton (p. 269-272)
  • Maria Cristina C. Pacheco - "Rio Seco" e " Da Palma da Mão" de Manuel Rui (p. 273-174)

 

Editorial

Ligada ao trabalho de investigação e estudo do Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto, esta Revista nasce não para crescer corno comunicação de uma instituição, mas antes para se propor corno espaço de debate e crítica sobre a investigação de temas e problemas africanos.

Será dada especial atenção à análise de problemáticas sobre o desenvolvimento global e temas sociais, discutidos nas suas sincronias e diacronias, com as suas modalidades de organização social e expressão cultural. Trata-se, por isso, também de uma revista de Ciências Sociais, da História à Economia, da Antropologia à Linguística, revisitando todos os domínios em que se pensam e investigam as sociedades africanas. Privilegiam-se, naturalmente, as sociedades de hoje, sem esquecer a sua construção histórica, principalmente moderna e contemporânea.

Aqui se espera acolher investigações e estudos qualificados, renovadores, também polémicos nos seus objectos, nas suas metodologias, nos seus paradigmas e nas suas interpretações. Esperam-se colaborações variadas, saudavelmente plurais, principalmente multidisciplinares. Aguardam-se, ainda, outras perspectivas interdisciplinares, convocando especialistas e experiências diversas que, nem sempre habituados a discutir e associar esforços e resultados, se possam aqui cruzar em torno desses temas e problemas comuns, analisados pelos diferentes campos das Ciências Sociais.

Investigações jovens, escoradas em trabalhos qualificados e inovadores, encontrarão nesta Revista o espaço crítico que devem procurar.

Não posso deixar de agradecer aos distintos membros da comunidade científica nacional e internacional a disponibilidade para integrarem o Conselho Científico da Revista.

Um agradecimento especial aos Colegas do Conselho de Redacção e a todos os colaboradores que, com a sua experiência, o seu saber e dedicação, enriqueceram este primeiro número.

A edição da Revista, que se pretende semestral, e de ampla divulgação, deve-se à Fundação Eng° António de Almeida, que garantirá a sua regularidade, a qualidade de apresentação e a sua distribuição. O nosso testemunho de apreço e de agradecimento ao Dr. Fernando Aguiar-Branco, Presidente da Fundação, pelo seu apoio clarividente e pela sua sensibilidade aos problemas e aos estudos africanos.

António Custódio Gonçalves

Ficha Técnica:

Director: António Custódio Gonçalves

Conselho Científico/Advisory Board: Alberto Amaral (Univ. do Porto), Brazão Mazula (Reitor da U.E.M. - Maputo) Christine Messiant (E.H.E.S.S.), Elikia M'Bokolo (E.H.E.S.S.- Paris), Franz-Wilhelm Heimer (CEA-ISCTE - Lisboa), Joana Pereira Leite (CESA-ISEG - Lisboa), Jill Reaney Dias (F.C.S.H. - U.N.L.), João Gomes Cravinho (Univ. Coimbra), Joaquim Alberto da Cruz e Silva (I.I.C.T. - Lisboa), José Novais Barbosa (Reitor da Univ. do Porto), Isabel de Castro Henriques (F.L.U.L.), Patrick Chabal (King's College - London), Michel Cahen (Univ. Bordéus III), Peter Meyns (Univ. Duisburg), Peter Vale (Univ. Western Cape), Saul Dubow (SOAS - Londres), Teresa Cruz e Silva (U.E.M. - Maputo), Victor Kajibanga (U.A.N. - Luanda).
Conselho de Redacção/Editorial Board: António Custódio Gonçalves, Carlos José Gomes Pimenta, Ivo Carneiro de Sousa, Elvira Mea, José Manuel Pereira Azevedo, João Francisco Marques, Mário Vilela, Maria Cristina Pacheco, José Maciel Honrado Santos.

Secretariado: Maria Cláudia Henriques Vasconcelos, Raquel Maria Machado da Cunha

Propriedade: Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto

Edição: Fundação Eng. António de Almeida

Capa e composição: Inês Figueiredo

Impressão e acabamento: SerSilito-Empresa Gráfica, Lda./Maia

ISSN: 0874-2375

Depósito legal: 138153/99

Revista semestral: n° 1 - Janeiro 1999

Tiragem: 1000 exemplares©1999 - CEAUP e Fundação Eng. António de Almeida
Proibida a reprodução total do conteúdo desta publicação sem autorização prévia por escrito do CEAUP e da Fundação Eng. António de Almeida. Proibida a reprodução parcial sem a expressa referência da fonte.

R&D Supported by

R&D Unit integrated in the project number UID/HIS/00495/2019.

 

Contacts

Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto
Via panorâmica, s/n
4150-564 Porto
Portugal

+351 22 607 71 41
ceaup@letras.up.pt