Regulação dos transportes rodoviários no desenvolvimento socio-económico e na integração cultural: as relações de mobilidade do homem no domínio e ocupação do seu espaço vital

Neste trabalho são estudados os modelos arquetipicos de refgulação social, o valor convencionado como norma e a fuga, ou desvio, face à natureza contrastante do homem, ao mesmo tempo desviante e normativa. Os incidentes rodoviários são apresentados como corolário dessa antinomia natural do homem enquanto ser dualista, sujeito da liberdade, de vocação metafísica, autor e actor do seu próprio melodrama.

As infrestruturas de transportes são consideradas como elemento de base estratégia de políticas que geram dinâmicas interfuncionais de operações e logística globais, que permitem ao homem o domínio e ocupação do seu espaço vital. São ainda estudadas as relações de intermodalidade dos sistemas de transportes e respectivas infraestruturas de suporte na construção do desenvolvimento económico, que se pretende sustentável, com equilíbrio ambiental e social em Cabo-Verde; as relações de interculturalidade, de interdisciplinaridade na abordagem de problemáticas transmodais dos sistemas de transporte, e finalmente, o processo de génese e formação de convenções sociais internacionais, com aplicação naquele país.

 

Assunto: Desenvolvimento económico - Cabo Verde, Transporte rodoviário - Cabo Verde

Additional Info

  • Orientador: Carlos José Gomes Pimenta
  • Autor: Jeremias Dias Furtado
  • Ano: 2007
  • Coorientador: n/d

R&D Supported by

R&D Unit integrated in the project number UID/HIS/0495/2016.

 

Contacts

Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto
Via panorâmica, s/n
4150-564 Porto
Portugal

+351 22 607 71 41
ceaup@letras.up.pt