Amílcar Cabral, o combatente da libertação colonial e o cidadão africano

 

Índice:
(Ponto único)

 


Se está registado importe

Documento e Referências


 

Resumo / Abstract

O combatente da luta de libertação colonial e o cidadão africano, duas facetas da personalidade de Amílcar Cabral intimamente associadas, porque se desenvolveram simultaneamente e se influenciaram mutuamente.
Amílcar Cabral e a Casa dos Estudantes do Império e o Centro de Estudos Africanos, em Lisboa, onde se formou o núcleo embrionário da coordenação da luta e libertação nas várias colónias portuguesas, o MDCP, o MAC, a FRAIN, a CONCP, o seu papel quando, depois do 25 de Abril, chegou o momento de negociar a transferência do poder.
A reflexão cultural de Amílcar Cabral como inspiração da sua acção política: a “reafirmação dos espíritos”, o “regresso às origens”, o ”papel da cultura na luta pela independência”.
A luta de libertação colonial e a sua ligação à luta contra a ditadura em Portugal.
As tentativas frustradas de Amílcar Cabral para levar o Estado Português a negociar.
O pensamento de Amílcar Cabral sobre a guerra de guerrilhas em “Palavras de Ordem”: o guerrilheiro, o revolucionário, o pensador, o político, generalizadamente considerado um dos maiores vultos da libertação de África.


The colonial freedom fighter and the African citizen are two sides of Amílcar Cabral’s personality, intimately associated because they have developed simultaneously and influenced each other.
Amílcar Cabral, the Casa dos Estudantes do Império and the Centre of African Studies, in Lisbon, where the embryonic nucleus for the coordination of the fight for liberation in several Portuguese colonies was formed. The MDCP, the MAC, the FRAIN, the CONCP and their role when, after the 25th April, the moment arrived to negotiate the transfer of power.
The cultural reflection of Amílcar Cabral as an political action’s guide: the “reaffirmation of spirits”, the “return to the origins”, the “role of culture in the fight for independence”.
The fight for colonial liberation and the connection to the fight against dictatorship in Portugal.
The frustrated attempts of Amílcar Cabral to force the Portuguese to negotiate.
The thought of Amílcar Cabral on the war of guerrillas in “Palavras de Ordem”: the man of guerrilla, the revolutionary, the thinker, the politician, generally considered one of the greatest individuals of the liberation of Africa.

R&D Supported by

R&D Unit integrated in the project number UID/HIS/00495/2019.

 

Contacts

Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto
Via panorâmica, s/n
4150-564 Porto
Portugal

+351 22 607 71 41
ceaup@letras.up.pt