Charte du Chercheur CEAUP

Ciência, divulgação e representação das colónias

 

Índice:
 (sem índice)


Se está registado importe

Documento e Referências


 

Resumo

O texto que aqui se apresenta pretende ser uma reflexão sobre as representações geográficas vinculadas no na I Exposição Colonial Portuguesa, em 1934, e de que forma elas reflectiram e moldaram o imaginário nacional sobre os espaços do império português, ao mesmo tempo, que se problematiza a apropriação dos saberes geográficos como veículo ideológico e de propaganda.
Nesta sequência, num primeiro momento, iremos apresentar as concepções teórico-metodológicas que orientam o nosso projecto de investigação e onde serão debatidas as noções de representação, textualidade e hermenêutica e suas implicações para a História da Ciência e da Geografia. Num segundo, iremos fazer referência ao contexto histórico que pretendemos analisar, discutindo o aparecimento de uma propaganda colonial de massas. Por fim, debruçar-nos-emos sobre o nosso estudo de caso: as representações geográficas especificando as representações sobre as ex-colónias da Guiné e Cabo Verde, e que servirá como demonstração, temporalmente diacrónica e metodologicamente indutiva, de um processo mais vasto de produção e divulgação dos espaços coloniais, em Portugal, nos alvores da política Imperial do Estado Novo.

Contact

Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto
Via panorâmica, s/n
4150-564 Porto
Portugal

+351 22 607 71 41
ceaup@letras.up.pt