Письмо исследователя

Conflito de identidades em Cabo Verde: análises dos casos de Santiago e São Vicente

Esta dissertação tem como finalidade discutir o problema da identidade cultural na sociedade crioula Cabo-verdiana, particularmente nas ilhas de Santiago e São Vicente. A questão cultural assume uma particular importância ao longo da nossa investigação na medida em que, é através dela que este conflito, tema central da nossa tese, torna-se mais visível. Apoiado nas variáveis tempo e espaço, a análise documental incide essencialmente na produção literária nacional, onde identificamos sinais de orientação política e ideológica que, conduziu a uma oposição identitária entre Badiu e Sampadjudo.

Procuramos também, na história social e demográfica da sociedade cabo-verdiana, enquanto processo de construção da identidade nacional, pistas que, por um lado, nos facultassem a compreensão dos sistemas de valores, os comportamentos e os estados emocionais das populações das duas ilhas em questão e, por outro, a origem do conflito identitário na sociedade Santiaguense e Sanvicentina. Verificamos que a trajectória histórica e cultural dissemelhantes, bem como os níveis diferenciados de aculturação e assimilação de elementos culturais dos ancestrais Africanos e Europeus tiveram um papel decisivo na emergência e desenvolvimento de um sentimento de pertença do homem mestiço cabo-verdiano, em geral, e do Santiaguense e Sanvicentino, em particular.

 

Palavras-Chave: Conflito, Identidade, Miscigenação, Cultura.

 

 

Pode consultar o texto integral em:

https://catalogo.up.pt/exlibris/aleph/a22_1/apache_media/QSPG248J95SICU8EF9Q9QXIXS3RTEC.pdf

Дополнительная информация

  • Orientador: Manuel Rodrigues Laranjeira Areia
  • Autor: António Manuel Ramos
  • Ano: 2009
  • Coorientador: n/d

Связаться с нами

Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto
Via panorâmica, s/n
4150-564 Porto
Portugal

+351 22 607 71 41
ceaup@letras.up.pt