Рекомендуется

Письмо исследователя

Índices de desenvolvimento social: ensaio de metodologias de análise

O objectivo central deste trabalho é o estudo de metodologias de análise sócio-espacial que permitam contribuir para a obtenção de uma informação sistemática e homogénea no espaço e no tempo, o menos possível afastada da realidade presente em cada unidade social.

 A partir de um modelo de informação com estas características, julga-se tornar mais profícuo, todo o esforço económico e humano, consumido na elaboração e aplicação de políticas de interesse local. Perante a natureza desta investigação, optou-se por centrar a nossa atenção sobre o Índice de Desenvolvimento Humano - IDH, parte integrante do Relatório de Desenvolvimento Humano – RDH, executado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD. Após uma apresentação das suas características e potencialidades, faz-se referência a alguns estudos críticos e modelos alternativos à sua metodologia, nos quais se inclui, a própria vontade do PNUD em melhorar o seu IDH. Desta análise ressaltou a ideia que o designado Desenvolvimento Humano pode não ser condição suficiente para o aumento do bem-estar humano. Procurando determinar quais os factores em falta para que isso possa vir a acontecer, surgiu a necessidade de, a partir de um extenso número de conceitos e suas significâncias, seleccionar e redefinir aqueles que parecem ser a fonte de motivação da generalidade humana, ao longo de toda a sua existência, independentemente do espaço que ocupa. O conceito de “Bem-Estar Social” acabou por se destacar como o aglutinador de outros sub-conceitos, tanto de ordem humana, como referentes à sua envolvência social e ambiental. No entanto, para que seja possível a criação de um novo índice ou, eventualmente, um “afinador” do próprio IDH, é necessário que estes conceitos sejam passíveis de quantificação. É sobre este processo de abstracção que se desenrola a última parte deste trabalho, tentando nunca perder de vista a necessidade de voltar ao campo do real com uma margem de erro considerada aceitável. Como já esperado, mediante o carácter abrangente de que se reveste este trabalho, ficámos muito longe de ter conseguido atingir resultados definitivos quanto à metodologia mais eficaz para a construção de um índice de interesse global. No entanto, foi possível reunir uma série de premissas, por nós consideradas pertinentes, face ao difícil caminho que conduz à aproximação do conhecimento à realidade. 

 

Palavras chave: Desenvolvimento Humano; Informação; Índices; Motivação; Segurança; Bem-Estar Social

 

Pode consultar o texto integral em:

https://catalogo.up.pt/exlibris/aleph/a23_1/apache_media/8YVL191YYUHJBD26U5XJSK9QEC45DI.pdf

Дополнительная информация

  • Orientador: Carlos José Gomes Pimenta
  • Autor: Rui Alberto Pinto Amador
  • Ano: 2009
  • Coorientador: n/d

Связаться с нами

Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto
Via panorâmica, s/n
4150-564 Porto
Portugal

+351 22 607 71 41
ceaup@letras.up.pt