Charte du Chercheur CEAUP

Notas Sobre a Guerra do Caju em Moçambique (1992-2002)

 

Índice:
PREFÁCIO
ARTIGO
Introdução
1. O Dualismo Económico em África
1.1. O efeito “desmultiplicador”
1.2. Dualismo económico
1.3. O agravamento das desigualdades
1.4. A interpretação neoclássica
1.5. “Boa governação” e “sociedade civil”
1.6. O caso de Moçambique
2. A Guerra do Caju
2.1. A cadeia do caju
2.2. A época colonial
2.3. A guerra civil
2.4. O início da «guerra do caju»
2.5. O novo “ultimato”
2.6. A desindustrialização
2.7. O balanço
Conclusão
Fontes e Bibliografia
- Monografias
- Periódicos
- Fontes
- Bibliografia
ANEXOS

 


Se está registado importe

Documento e Referências


 

Resumo / Abstract

Este artigo debruça-se sobre a chamada “guerra do caju” em Moçambique, no período pós-colonial, vista como exemplo de uma intervenção das instituições de Bretton Woods que correu mal por se ter negligenciado as particularidades de uma economia dualista. Começamos por definir o que se entende por “dualismo económico”, mostrando que a abordagem económica neoclássica não pode ter bons resultados quando aplicada em contexto africano, precisamente por causa do carácter dualista do “mercado” nesse tipo de países.
Abordamos, de seguida, o caso particular do sector do caju em Moçambique. Com base em estudos já publicados por diferentes autores, evidenciamos o modo como as sucessivas intervenções do Banco Mundial conduziram esse sector à beira do desastre, apenas porque qualquer tentativa de liberalização é de resultado dúbio se a economia for dualista


This article describes the so-called “cashew war” in Mozambique, in the post-colonial period, as an example of an intervention of the Bretton Woods institutions that went wrong because the idiosyncrasies of a dual economy were neglected. The paper starts by defining “economic dualism”, and showing that the neoclassical approach to economics cannot have good results when applied to an African context, as the “market” in that kind of countries is dual.
The article then proceeds by a case study, that of the cashew industry in Mozambique. Based on works already published by different authors, the paper shows how the several interventions of the World Bank led that industry to the brink of disaster, just because any attempt of liberalization will have a dubious result if the economy is dual.

Contact

Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto
Via panorâmica, s/n
4150-564 Porto
Portugal

+351 22 607 71 41
ceaup@letras.up.pt