O texto que aqui se apresenta pretende ser uma reflexão sobre as representações geográficas vinculadas no na I Exposição Colonial Portuguesa, em 1934, e de que forma elas reflectiram e moldaram o imaginário nacional sobre os espaços do império português, ao mesmo tempo, que se problematiza a apropriação dos saberes geográficos como veículo ideológico e de propaganda.

Page 3 of 3

R&D Supported by

R&D Unit integrated in the project number UID/HIS/0495/2016.

 

Contacts

Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto
Via panorâmica, s/n
4150-564 Porto
Portugal

+351 22 607 71 41
ceaup@letras.up.pt