Crescimento, decrescimento sustentável e desenvolvimento ecologicamente sustentável

 

Índice:
Introdução
O Crescimento Económico
O Decrescimento Sustentável
O Desenvolvimento Ecologicamente
Sustentável
Estudo de Casos
. Um Atelier de Ecoconcepção em Design, Arquitectura e Urbanismo
. BedZed - um eco-bairro da periferia de Londres
. Um Eco-Parque Industrial na Dinamarca
. Curitiba - Uma Eco-Pólis no Brasil
. Uma Eco-Comunidade em África: Centro Songhai no Benim

 


Se está registado importe

Documento e Referências


 

Resumo / Abstract

O desenvolvimento ecologicamente sustentável exige uma ruptura epistemológica com a economia clássica e com a noção de crescimento quantitativo. É uma visão bio-económica que enquadra a economia num sistema mais vasto – a biosfera. Assim, para haver um desenvolvimento ecologicamente sustentável é necessário que a tecnosfera funcione como ecotécnica, isto é: o metabolismo circular transforma a esgotabilidade energética em renovabilidade e os lixos em nutrientes recicláveis.
Para a emergência deste novo paradigma é necessário abandonar o modelo dominante baseado na esgotabilidade e na contaminação e promover um decrescimento sustentável transitório para, progressivamente se desenvolver uma bioregeneração e depuração ecológica (aumento da floresta biodiversiva, bioregeneração da água, criação de ecotransportes e da bioconstrução).
Alguns exemplos referidos no artigo mostram experiências exemplares para este novo procedimento: Curitiba, Centro Songhai, Kalundborg, Bedzed, etc.


Ecologically sustainable development requires an epistemological break from the classic economy and from the notion of quantitative growth. It is a bioeconomic view that places the economy within a wider system – the biosphere. Thus, in order to obtain ecologically sustainable development, the technosphere must function as ecotechnics, that is: circular metabolism transforms energy exhaustibility into renewability and waste into recyclable nutrients. If this new paradigm is to emerge, the dominant model based on exhaustibility and contamination must be abandoned and a transitory sustainable decrease must be promoted so that bioregeneration and ecological cleanup can progressively be developed (increase in biodiverse forest, bioregeneration of water, creation of ecotransport and bioconstruction). Some examples mentioned in the article show exemplary experiments for this new procedure: Curitiba, Songhai Centre, Kalundborg, Bedzed, etc.

R&D Supported by

R&D Unit integrated in the project number UID/HIS/0495/2016.

 

Contacts

Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto
Via panorâmica, s/n
4150-564 Porto
Portugal

+351 22 607 71 41
ceaup@letras.up.pt